terça-feira, 24 de julho de 2012

Fazendo arte com palavras

Palavras podem ser muito mais do que palavras quando dizem muito mais do que parecem dizer. Eu as admiro. Acho que elas, ao menos, conseguem dizer o que eu não sei. Por isso que escrever é arte.


Para quem não sabe, sou professora. E se há algo que me realiza nesta profissão é quando meus alunos, mais do que me surpreender, se surpreendem com suas próprias produções. Quando disse que trabalharíamos com poesia... “Ah, professora, eu não gosto de poesia”. “Ai, ai”, pensei, “e agora?”. Quando propus que produzissem um poema inspirado nos Classificados poéticos, de Roseana Murray, confesso que fiquei ansiosa para ver os poemas que escreveriam. E não é que eles surpreenderam? A mim e a eles mesmos. Pelo menos foi o que senti (e sei que vocês estão lendo, corrijam-me se eu estiver errada).


Abaixo, os poemas produzidos pelos alunos do 9º ano do Colégio Santo Antônio (Santa Helena – PR).
Espero que gostem tanto quanto eu. 

Procura-se
Um homem
Loiro, de olhos verdes e cabelos longos.
Desde que se foi, só o tenho em pensamentos
E o vejo nos meus sonhos.
Sonhos tão doces.
Caso alguém o encontre,
Mande-o ao bairro da Saudade,
Rua do amor, número 12.
Alanna W. Ricardi
Layne W. Ricardi
  
Classificado
Troco amor por afetos e carinhos
Seja bonito ou feio
Rico ou pobre
Troco se for justo
Com garantia de amor eterno
Se for bem retribuído.
Ana Paula Manica da Luz
  
O coração
Aluga-se um coração
Para alguém que não o machuque
Recebendo a missão de lhe dar
O amor, a paz e a compreensão
Que o cuide como se fosse um diamante.

Cuidado! É delicado...
Sofre, grita e implora
Mas também sorri,
Se emociona e chora

Ela guarda os sentimentos
E os melhores momentos.
Ana Regina Anton

 Vende-se carro
Um dia alguns homens
Plantaram uma semente
Da qual nasceu um carro
Muito surpreendente

O carro é veloz
E não adianta procurar outro
Porque igual não existe
A viagem fica espetacular

Se você quiser comprar
Eu te parabenizo
Pois vai fazer um grande negócio
De amigo para amigo.
Carlos Henrique Junges
  
Rumo ao paraíso
Vende-se um carro
Que acelera rumo ao paraíso
Onde se pode realizar
Os mais lindos sonhos
E até torná-los realidade
Pode ser reabastecido
Por sua própria vontade.

Com ele podes ir até o fim
O fim do arco-íris
No qual irá encontrar
Não um pote de ouro
Mas um baú do tesouro
Recheado de sentimentos.
Eduarda Thaís Tomasi
  
Confeiteiro
Procura-se uma confeiteira
Que possa enfeitar a vida
Adoçar seus amores
E colorir seus sonhos.
Garantia de satisfação ao cliente.
Valor a negociar com você.
Emily M. Goldoni
  
Sentimento à venda
Vende-se um sentimento
Um sentimento neutro
Que ninguém sabe explicar.

Mas eu troco esse sentimento
Pela felicidade,
Desde que você saiba lidar.

A amizade e o carinho
Também estão inclusos
Para você poder aproveitar.

Um pouco de tristeza
Porque forte tem que ser
E poder a vida continuar.
Jennifer V. Saggin
  
Procura-se
Procura-se um mundo melhor,
Onde tudo seja tranquilo,
Onde tudo seja maravilhoso,
Onde tudo seja divino.

Procura-se um mundo melhor,
Um mundo que só tenha paz
Com pessoas amigas e muitos animais.
Um mundo assim... quem me traz?
Jéssica V. Saggin
  
Pintor
Procura-se um pintor
Que não pinta e sim emociona
Que usa as cores mais bonitas
Para clarear o meu dia.

Procura-se um pintor
Com sede de amor
Que usa as cores da noite
Para meu dia alegrar.
Júlia  R. M. Pires
  
Procuradas
Procuram-se pessoas que saibam dar valor
Que ajudem na dor
E que o façam por amor.

Procuram-se pessoas carinhosas
E não precisam estar perto
Para serem amorosas.

Enfim, procuram-se pessoas queridas
Que sejam nossas amigas
E façam parte das nossas vidas.
Keoma C. Vianna
  
Vende-se
Vende-se um carro
Um carro econômico
Não gasta com nada
Um carro invisível
Mas realiza seus sonhos
Até os impossíveis.
Lucas Pelizza Carrer
  
Eletricista
Procura-se eletricista
Que acenda luzes
Para pessoas que estão apagadas.
Necessitamos de uma pessoa especializada
Em acender sonhos
Para os desiludidos
Precisamos reacender o amor
Entre casais e famílias que estão em crise.
Favor entrar em contato
Para reacender vidas.
Maria Eduarda Sassi de Souza

 Vendem-se sonhos
Sou um vendedor
Mas não um vendedor qualquer
Sou vendedor de sonhos
Mais conhecido por “doutor”.

Trabalhava em qualquer clima
Muitos não acreditavam em mim
Mas dei a volta por cima.

Não sou um mágico
Porque não faço truques
Realizo sonhos, bons ou trágicos.
Maycon A. Härter
  
Desaparecidos
Procura-se o amor
Só gostaria de saber onde ele está...
Será que está se escondendo?
Mas por quê, se ele sabe que faz bem às pessoas?
Procura-se a felicidade
Hei, felicidade, cadê você?
Por que você sumiu daqui?
Sabe, eu vivia muito bem quando você estava aqui.
Procura-se a fidelidade
Você também anda sumida...
Por que não volta pra cá? Todos te procuram.
Tendo fidelidade, tem amor verdadeiro. E tem felicidade, também.
Hei, vendedor de sonhos, traga isso tudo para nós, estamos precisando.
Você está demorando...
Coloque amor no coração das pessoas. E fidelidade, também, pois elas não estão dando valor aos sentimentos.
Hei, vendedor de sonhos, na verdade o que precisamos mesmo é de uma dose de desapego. Mas isso é só com o tempo mesmo.
Milena F. Weide

 Vendedor
Vende-se uma bolsa
Que guarda todos os seus sentimentos
Todas as recordações
Mas não guarda as angústias
E muito menos ressentimentos.

Se você está interessado
Sabe onde achar
Siga seu coração
Para o vendedor encontrar.
Moacir Coppini Jr.
  
Compro
Compro o ar,
Compro o vento
Compro a menina do meu pensamento.

Quando a vejo,
Desperta um desejo
Eu fico louco
Querendo o seu beijo.

Mas ela ninguém vai comprar
Pois a menina só eu posso imaginar.
Orlando Urbano Neto
  
Palhaço
Procura-se um palhaço
Que tenha apenas um braço
Para poder animar e aproveitar
Aquele único momento.

Braço pequeno
Coração enorme
Com qualquer roupa ele faz seu uniforme.
Vinícius Mateus

Nestes poemas, mesmo sem vender ou trocar algum sentimento, há uma oferta imperdível de belas palavras.  
Sonhador
O sonhador
Cheio de ilusão e de fantasia
Cheio de paz e de alegria
Cheio de vida!
Refugia-se num mundo
Onde tudo é possível
Onde não existe uma bruxa má
Onde não existem o ódio nem o rancor
Onde não existe a dor
Onde há um final feliz
Onde há abraços e beijos
Onde há compreensão e carisma
Onde há esperança
O sonhador...
Ana Regina Anton

 Janela da vida
Naquela janela
Vi o tempo passar
Dia pós dia
Noite pós noite.

Certos dias
Nem vi a imensidão
Do céu azul
Pois havia muitas nuvens.

Naquela janela
Eu nasci
Naquela janela
Eu vivi
Naquela janela
Eu morri

Mas morri pensando
“O que seria dela sem mim?
E o que seria de mim sem ela?”.
Ilzo F. Figueiredo Filho
  
Outro lugar
Às vezes quero estar em outro lugar
Em outro lar, em outro ar
Um ar de felicidade, simplicidade e lealdade.

Às vezes contigo quero estar
Quero ficar, amar e adorar
Me apaixonar e voar
Em outro lugar.

Quero nas nuvens viajar
Mas, como no sol não há um mar,
Aqui deve ser o meu lugar.
Thaís Allegretti
  
A eterna amizade
Meus dias se passam
e percebo que
sem meus amigos
não vivo.

Eles são especiais,
únicos e incríveis
cada um com seu jeito.

Amo suas risadas.
Com os seus jeitos de falar
Que me animam e me deixam confortada.
Valéria Michelle N. Huang

O que meus olhos veem
Por que você é tão lindo?
Seus olhos azuis me encantam
Assim como quando vejo os pássaros cantando
Por que você é tão lindo?

Você, só você e mais ninguém
Me prende de um jeito que me faz refém.
Vanessa M. Henchen


8 comentários:

  1. Mas quanta coisa linda Dani, quanta poesia cheia de sentimentos. Seus alunos estão de parabéns. Já você, com esse trabalho das poesias mostrou que faz seu trabalho com maestria (rimou? rs.
    Linda minha, me surpreendi com tanta poesia linda. Dani Lusa faz arte com as palavras e os alunos estão no mesmo caminho. Beijo grande linda minha ;*

    ResponderExcluir
  2. Gurizada, mas que coisa maravilhosa!

    Parabéns pelos poemas, de verdade. Amantes do bom uso das palavras agradecem e aplaudem de pé.

    Nossa língua é divina, e se usada de forma adequada, permite transmitir sentimentos de formas encantadoras. E vocês conseguiram isso com os seus textos. Espero que essa chama da poesia não se apague tão cedo por aí.

    E aproveitem, pois vocês têm uma professora fantástica trabalhando com vocês.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Incrível! Quanta prova de que existe qualidade e vontade por toda parte! Belíssimo trabalho Dani, belíssimos autores!

    ResponderExcluir
  4. Que coisa deliciosa, Dani! :)
    Porque a arte existe em todos nós. Só falta despertá-la. É encantador ver que algumas pessoas ainda conseguem resgatar nos jovens apreço pelas palavras, coisa que eles certamente levarão consigo sempre - e digo com conhecimento de causa, já que tive uma professora que fez-me descobrir em mim a escrita. Parabéns!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Que lindooos!!
    Adoreiiiii, eles nos estressam, mas também nos enchem de orgulho. ^^

    ResponderExcluir
  6. Mas que lindo, Dani!
    É incrível ver a sensibilidade e a sementinha da escrita muito bem plantada no coração desses pequenos. Acho que esse incentivo por parte do professor é muito importante.
    Parabéns pelo lindo trabalho e dê os parabéns a todos eles; encheram meus olhos d'água.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Fico massa Professora o meu fico Legal ;D
    By: Ilzo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deve te ficada muito bom msm! HAHAHHAHA

      Excluir